Na lista de espera...




"A crise atingiu Tomás Noronha. Devido às medidas de austeridade, o historiador é despedido da faculdade e tem de se candidatar ao subsídio de desemprego. À porta do centro de emprego, Tomás é interpelado por um velho amigo do liceu perseguido por desconhecidos. O fugitivo escondeu um DVD escaldante que compromete os responsáveis pela crise, mas para o encontrar Tomás terá de decifrar um criptograma enigmático.
O Tribunal Penal Internacional instaurou um processo aos autores da crise por crimes contra a humanidade. Para que este processo seja bem-sucedido, e apesar da perseguição implacável montada por um bando de assassinos, é imperativo que Tomás decifre o criptograma e localize o DVD com o mais perigoso segredo do mundo.
Numa aventura vertiginosa que nos transporta ao coração mais tenebroso da alta política e finança, José Rodrigues dos Santos volta a impor-se como o grande mestre do mistério. Além de ser um romance de cortar o fôlego. A Mão do Diabo divulga informação verdadeira e revela-se um precioso guia para entender a crise, conhecer os seus autores e compreender o que nos reserva o futuro."




Compreender o futuro... é um bocado isso que todos precisamos, sobretudo neste momento. Compreender a crise, os seus responsáveis, o conturbado mundo económico e os meandros políticos que estão por trás de tudo, histórias que, no fundo, vemos todos os dias, histórias que são a nossa realidade actual... e se a isto tudo ainda posso juntar um pouco de ficção (para distrair) então tenho um serão perfeito.
É por isso que "A Mão do Diabo" de José Rodrigues dos Santos já está na minha cabeceira a aguardar vez.

Bom dia # 11


Eu já tinha dito que não gosto de chuva. Mas ela está para ficar, entranhou-se. E depois eu é que sou teimosa, irra! Ainda assim, não se deixem levar neste cinzento, vamos pôr a manga para cima,  pegar na chávena e encher com um pouco mais de chá quente!
Bom dia, boa semana.

Casa dos segredos # 5

Portanto é o seguinte, a Alexandra passa a vida inteira dentro daquela casa a fazer-se aos gajos, especialmente aqueles que têm 'namoradas'. Ora dança em cima deles, para eles, de frente para eles, de costas, de todas as formas e feitios...mas, e prestem atenção neste momento, quando a Teresa lhe fala disso ela diz "Oh Teresa, assim vão passar a imagem que eu sou uma galdéria!"

O Hélio (aquele a quem o medo não assiste) já tinha mencionado que a Alexandra parece que está no bolhão à sexta-feira. Ou seja, agora as pessoas vão pensar que a Alexandra é uma peixeira galdéria!

Nos preparativos...



Em todas as viagens que faço há sempre um problema. Quando fui a Paris tinha o B.I caducado e só a senhora do check in é que reparou (querida!). Quando fui a Londres, até um vulcão se lembrou de me chatear. Havia uma nuvem de fumo no ar e não se sabia se havia voo ou não. Quando foi a altura da viagem a Marrocos até tremi quando cheguei ao aeroporto. E agora...vou-me esquecer de algo? Enganar-me no terminal?

Enquanto ainda está tudo bem, vou fazendo os últimos preparativos. A última das coisas vai ser a mais difícil, fazer a mala, o meu terror das viagens. Levo sempre a mais, pode estar frio, ou calor, ou chuva. Não gosto de levar já os conjuntos destinados e portanto levo sempre mais que uma possibilidade para decidir  na altura. Logo, a mala é um problema.
"São só três dias, o que é que há para levar na mala?" e "Se ultrapassas o peso permitido...não vais passar nada para a minha mala" são as frases que mais ouço nos últimos dias!

Nos preparativos para a nossa viagem de amanhã eu escrevo roteiros à mão, vejo mapas e guias, leio para saber o que de mais interessante há para ver. Ele não. Ele instala aplicações no iphone. E é isto. Já sei de que é que vão valer os meus papéis quando ele agarrar na máquina que sabe e faz tudo!


Bom dia # 10

Esta semana vai correr bem porque...

- No fim-de-semana andei sete km a pé e ainda corri (sim, eu mesma). Corri que foi uma coisa parva (20 segundos, mais ou menos) Coisa bastante para ficar sem sentir alguns músculos do meu corpo. Ah, mas de certeza que também fiquei com muito menos celulite, é que 20 segundos de corrida, faz toda a diferença na vida de uma pessoa;

- Só existe segunda e terça, depois disso vai ser só descanso e passeios, um bocadinho (de nada) longe daqui.

Por tudo isto, mais que bom dia, boa semana para todos!


Tornar a vida leve



"(...) O amor só pesa quando termina, nunca quando cresce. Tal como caminhar só cansa a quem está parado. É um mundo cheio de cabanas por alugar, de promessas de investimentos e de cimento que ficaram por cumprir, de lugares bonitos que continuam a sê-lo. O paradoxo da liberdade é que quantas mais opções pesamos para a nossa vida, mais leve a tornamos."
                                                                                                 
                                                                                                                             (Gonçalo Cadilhe em Um lugar dentro de nós)

Bom dia # 9


Três casamentos depois...

Este ano foi cheio de casamentos. As festas foram bonitas. A malta divertiu-se, mas continuo sem perceber uma coisa. Aquela parte em que o padre diz "se alguém estiver contra este casamento, que fale agora ou se cale para sempre" é só nas novelas, não é?

Três casamentos depois, tenho a declarar que aguentei muito bem os sapatinhos e até dançar dancei com eles. Sobrevivi, mas no caminho de casa, vieram na mão.

(E é tudo por agora em relação aos casamentos, estamos entendidos?)