Never grow up...


Na Terra do Nunca ninguém cresce.
No País das Maravilhas estão todos sempre contentes entre devaneios loucos.
Mundos como estes lá fora para descobrir e eu por aqui. Que tempo perdido.
Nem o Peter Pan me entra pela janela e me rouba a sombra, nem o coelho me leva pela toca abaixo para jogar às cartas.

Se ao menos o génio da lâmpada existisse mesmo...

Relacionados:

Sem comentários:

Publicar um comentário